Wilson Montevechi Psicólogo em Campinas-SP

Psicólogo Wilson Montevechi em Campinas SP - Logo

Como desenvolver a autoconfiança e atingir seus objetivos?

Para quem tem metas, objetivos e sonhos a realizar, desenvolver a autoconfiança é um ponto indispensável.

Mas, como construir esse aspecto diante do medo de ser julgado, da dificuldade de se posicionar, do medo da rejeição, dentre tantos outros pensamentos e sentimentos que põem à prova a própria credibilidade?

Calma!

Se você chegou até aqui é porque deseja mudar e se tornar uma pessoa mais confiante.

E, só pelo fato de você ter tomado a iniciativa de buscar por esse tipo de conhecimento, já mostra que você está no caminho para a transformação.

Nesse artigo, você irá descobrir quais são os principais impactos que a falta de autoconfiança pode causar na sua vida pessoal e profissional, quais os benefícios e como você pode desenvolver esse sentimento tão poderoso.

Mas, antes preciso te explicar o que realmente é a autoconfiança. Vejamos!

O que é autoconfiança?

Como o próprio nome sugere, autoconfiança é o ato de confiar em si mesmo, acreditando nas próprias habilidades, julgamentos e qualidades.

É um comportamento que pode nascer naturalmente com a pessoa ou ser desenvolvido ao longo dos anos.

Crianças que cresceram em um lar repleto de afeto, carinho e palavras de afirmação têm mais chances de se tornarem adultos confiantes.

No entanto, mesmo os indivíduos que não tiveram estímulos positivos na infância, podem perfeitamente desenvolver a habilidade de confiar em si próprio.

A autoconfiança é um atributo fundamental para o ser humano e pode impactar seriamente todas as áreas de sua vida.

Por que ela é tão importante?

O indivíduo autoconfiante sente-se convicto de ser capaz de realizar uma determinada coisa.

Ele não sente medo das adversidades, mas procura estratégias para vencê-las.

Quando alguém confia em si mesmo, as crenças limitantes são quase inexistentes, pois a crença na capacidade interior é muito maior.

A pessoa que desenvolve sua autoconfiança é capaz de correr riscos com mais inteligência, pois ela conhece suas limitações, mas acredita plenamente em suas potencialidades.

A autoconfiança também é importante na construção da resiliência, o que produz uma visão das dificuldades como sendo aprendizados preciosos.

Ela permite ao indivíduo sair da zona de conforto e ir em busca de uma constante exploração das suas habilidades.

Quais são os impactos que a falta de confiança pode causar na vida pessoal e profissional?

O campo profissional é uma das áreas mais importantes da vida do ser humano.

É por meio do trabalho que vem a subsistência, a realização de objetivos, o alcance de metas, a concretização de sonhos.

E, quando uma pessoa não confia em seu potencial, todos os benefícios oriundos do trabalho ficam gravemente comprometidos.

Sem autoconfiança o trabalhador não consegue sair de uma situação ruim no ambiente de trabalho, fazendo como que ele permaneça na zona de conforto e não desenvolve suas habilidades.

Todo esse contexto leva a uma vida profissional insatisfatória, podendo até mesmo acarretar certos problemas de saúde mental, como a Síndrome de Burnout, por exemplo.

Na vida pessoal a ausência de autoconfiança também pode se tornar desastrosa.

A pessoa não consegue expressar suas opiniões por temer o julgamento alheio.

Por não confiar em si, ela acredita que não tem nada a oferecer, por isso pode passar desapercebida em rodas de conversa.

Além disso, pode se tornar uma pessoa extremamente insegura nas relações, tendo problemas de desconfiança, ciúmes e cobrança excessiva do outro.

Quais são as principais causas da falta de confiança em si mesmo?

Mas, afinal, o que causa a falta de confiança em si mesmo?

Pois bem, não existe uma causa única para explicar a descrença no próprio potencial.

A origem pode estar desde um contexto desestimulante, como dito lá no início do artigo, até uma simples frase lançada por um chefe de trabalho.

De qualquer forma, é muito importante identificar as razões que te levam a duvidar de si para que o mal seja cortado na raiz.

Sendo assim, olha só o que pode estar por trás desse tipo de dificuldade:

  • Baixa autoestima;
  • Medo da rejeição;
  • Medo errar;
  • Traumas do passado;
  • Atitudes comparativas.

Se conhecer é fundamental para lidar com essas questões.

Quais os principais benefícios de se ter autoconfiança?

Os benefícios da autoconfiança se estendem a diversas áreas da vida.

Por isso, listar todos aqui seria praticamente impossível.

Além do mais, existem benefícios que só a pessoa pode usufruir em sua história pessoal.

Mas, de modo geral, posso apresentar algumas das diversas vantagens de desenvolver a autoconfiança.

São elas:

  • Melhor administração do estresse;
  • Maior poder de influência;
  • Facilidade em se impor e se posicionar de forma adequada;
  • Valorização das outras pessoas;
  • Sucesso na vida profissional;
  • Redução de pensamentos negativos;
  • Maior felicidade.

Diante de tantos benefícios, pode se dizer que vale o esforço de se transformar em alguém mais autoconfiante.

Mas, não se preocupe!

Vou te ajudar nesta tarefa compartilhando, a seguir, 4 dicas valiosas. Confira!

Como desenvolver a autoconfiança e se tornar uma pessoa mais segura?

Desenvolver a autoconfiança para uma pessoa que tem dificuldades de se impor ou expor suas opiniões em momentos importantes e decisivos da vida é um processo que pode ser bastante árduo.

No entanto, você viu neste artigo como esta característica é importante para o seu sucesso.

Então, não desanime e vamos juntos à realização de seus objetivos!

Veja só as dicas!

1.   Pare de se comparar

Em primeiro lugar, pare de se comparar!

A comparação é uma das atitudes mais mortais para o sucesso pessoal.

Tenha em mente que cada pessoa é diferente, com história, qualidades, defeitos, potencialidades e limitações peculiares.

Ao invés de se comparar, olhe para dentro de si.

Observe sua bagagem cultural.

Você também possui conhecimentos para transmitir.

2.   Cuide do seu corpo

É difícil confiar em si mesmo quando o seu corpo está sendo explorado.

Você está dormindo bem? Como está sua alimentação? E o seu corpo, está se movimentando?

Um corpo saudável influencia positivamente nas emoções, no humor e, consequentemente, na autoconfiança.

3.   Considere a vida como curta

Já dizia Lulu Santos: “Não há tempo que volte, amor.”

O tempo é a única coisa que não volta.

As experiências que você teve ontem, não são as mesmas de hoje e nem continuarão amanhã.

Sendo assim, aproveite as oportunidades que a vida te dá para exercer a sua existência.

Você é um ser humano com situações vivenciadas, capacidade de pensar e inteligência para realizar julgamentos.

Não tenha medo de perder pessoas por ser quem você é.

As amizades leais ficarão ao seu lado e te ajudarão no seu processo evolutivo.

Conclusão!

Sem autoconfiança não há progresso, muito menos sucesso.

Assim como todo desenvolvimento de atitude, comportamento e hábito, construir a confiança em si não é algo fácil.

Mas, há muitas coisas que somente você pode fazer por você mesmo.

As ferramentas te entreguei aqui – “conhecimento, informação e dicas” – agora é com você!

E, para te ajudar ainda mais neste caminho, te convido a ler este outro artigo onde falo da importância da autoestima (e detalhe: também com dicas preciosas!).

Não desista!

Acredito no seu potencial!

Obrigado por ler até aqui!

Compartilhe com um clique!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Picture of Wilson Montevechi

Wilson Montevechi

Sou Psicólogo, Professor de Filosofia e Mestre em Educação! Utilizo a abordagem Fenomenológica –Existencial afim de oferece um diálogo profundo entre a Psicologia e a Filosofia, proporcionando uma maior conhecimento do Ser Humano em seus aspectos racionais e emocionais.

Picture of Wilson Montevechi

Wilson Montevechi

Sou Psicólogo, Professor de Filosofia e Mestre em Educação! Utilizo a abordagem Fenomenológica –Existencial afim de oferece um diálogo profundo entre a Psicologia e a Filosofia, proporcionando um maior conhecimento do Ser Humano em seus aspectos racionais e emocionais.

Aproveite e leia também!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se precisar, estou aqui!