Wilson Montevechi Psicólogo em Campinas-SP

Psicólogo Wilson Montevechi em Campinas SP - Logo

O que todo jovem deveria fazer antes de escolher a profissão?

O trabalho é uma parte fundamental da vida humana.

É através dele que vem a subsistência, a realização de sonhos, o estabelecimento de relações sociais, entre muitos outros benefícios que ele pode proporcionar.

Além disso, é no trabalho onde passamos a maior parte do nosso tempo e de nossas vidas!

Por isso, a escolha de uma profissão deve ser feita de maneira consciente e racional.

Porém, sabemos o quanto esse processo acaba sendo complicado e doloroso para quem está iniciando no mercado de trabalho.

Esse é um momento da vida onde o jovem naturalmente acaba tendo muitas mais dúvidas do que respostas.

Pensando nisso, resolvi reunir algumas informações e compartilhar algumas dicas para tentar mostrar quais são os itens básicos que todo jovem deveria fazer antes de escolher a profissão.

Se você é jovem, acompanhe este texto atentamente até o final.

E, se você já passou dessa fase, compartilhe esse conteúdo com alguém que possa se beneficiar.

Boa leitura!

Quais são os fatores que influenciam na escolha da profissão?

A escolha de uma profissão pode ser influenciada por inúmeros fatores, que vão desde a continuação da carreira profissional da família até a decisão de seguir uma profissão desconhecida.

Por não conhecer os fatores que influenciam a escolha da profissão, muitos jovens acabam fazendo uma escolha errada e se arrependendo amargamente da carreira ao longo da vida.

Uma forma de evitar esse tipo de situação é conhecer quais são os principais fatores que podem acabar interferindo nessa escolha.

Aqui, abaixo, listei alguns. São eles!

1.   Influência dos pais

Erroneamente, alguns pais colocam uma pressão sobre os filhos para que estes sigam a profissão dos sonhos dos genitores.

Seja para continuar a carreira da família, seja para concretizar nos filhos a profissão que eles não conseguiram exercer.

Alguns jovens até seguem o pedido dos pais, mas quando descobrem que não era um desejo próprio, a frustração é inevitável.

2.   Status social

Um fator bem significativo na escolha profissional é o prestígio social que aquela profissão pode proporcionar.

Por conta dos estereótipos criados pela sociedade, um profissional pode ser “mais bem visto” do que outro.

Entretanto, a escolha por esse fator pode ser perigosa, pois a realidade da profissão pode ser completamente diferente das expectativas que o jovem criou.

3.   Acessibilidade

Escolher uma profissão pela facilidade de colocação no mercado de trabalho é um desejo legítimo e real.

Afinal de contas, precisamos do nosso ganha pão!

Contudo, a vida é muito imprevisível e as chances de desmotivação no trabalho podem aumentar consideravelmente.

4.   Potencialidades

As habilidades do jovem podem levá-lo a escolher uma profissão que mais se encaixa com o seu perfil.

Na verdade, esse é o fator mais saudável no processo de escolha que o jovem deve se atentar!

Quais as profissões mais escolhidas pelos jovens hoje?

De acordo com o Censo da Educação Superior, as profissões mais escolhidas pelos jovens atualmente se classificam em algumas categorias.

Na modalidade EAD (Ensino a Distância), os cursos mais buscados são:

  • Pedagogia;
  • Administração;
  • Contabilidade;
  • Licenciatura em Matemática;
  • Licenciatura em Letras/Português.

Já na modalidade presencial as profissões mais procuradas são:

  • Direito;
  • Psicologia;
  • Medicina;
  • Enfermagem;
  • Pedagogia.

Essa lista é produzida com base no número de alunos inscritos em cada curso.

Como saber qual é a profissão certa pra mim?

O trabalho exerce várias funções na vida do indivíduo.

Há quem trabalhe apenas e somente pelo dinheiro.

Há quem trabalhe porque ama o que faz.

Há quem trabalhe pelo sentido que a atividade proporciona em sua vida.

Há quem trabalhe pelos amigos que ali se encontram.

Mas, independente do motivo, é fundamental escolher a profissão que mais se encaixa com seus desejos, habilidades e limites.

Aliás, todo jovem deveria conhecer suas habilidades antes de escolher uma profissão!

E, como saber qual é a profissão certa para você?

Veja abaixo algumas dicas que te ajudarão nesse processo de escolha.

1.   Conheça seus interesses

Para quem está completamente perdido na escolha profissional, uma boa dica é olhar para os seus interesses.

O que você gosta? Animais? Plantas? Contas numéricas? Relações humanas? Política?

Veja qual área da vida te interessa.

Você gosta de conversar, de ouvir? Talvez a área de psicologia possa ser uma opção!

Adora a natureza? Uma biologia talvez!

2.   Descubra as suas habilidades

Como já pontuei acima, você deveria conhecer suas habilidades antes de decidir qual carreira seguir.

Observe no que você é bom e mais competente em fazer.

Escute também os elogios que os outros te fazem.

Geralmente, as pessoas ao redor comentam sobre as potencialidades alheias.

Talvez você tenha uma grande habilidade que nem mesmo você sabe que tem!

3.   Faça um teste vocacional

Um teste vocacional é uma espécie de questionário com perguntas e alternativas, na qual, a partir das respostas do indivíduo, uma lista de opções de profissões é sugerida.

Esse teste é uma grande ajuda para quem ainda não sabe com o que quer trabalhar.

Ele pode ser parte do processo de orientação profissional ou pode ser facilmente encontrado na internet.

4.   Pesquise sobre as profissões

Embora esteja no quarto lugar, essa dica é extremamente fundamental.

Pesquisar a grade curricular do curso, o mercado de trabalho e como é o dia a dia do profissional, te ajudará a ter uma clareza maior da profissão e a decidir se é isso mesmo que você deseja para sua vida.

O que todo jovem deveria fazer antes de escolher a profissão?

O que todo jovem deveria fazer antes de escolher a profissão seria realizar uma pesquisa aprofundada em diferentes níveis.

Em primeiro lugar, ele deveria se conhecer.

O autoconhecimento é a chave do sucesso!

Descobrir as habilidades, limites, qualidades, defeitos, pontos fortes e fracos é indispensável na hora de construir uma carreira profissional.

O estilo de vida que se tem e que gostaria de desenvolver também é importante.

Um jovem que deseja flexibilidade de tempo, por exemplo, precisa de uma profissão que possa lhe proporcionar isso.

Valores e princípios também precisam ser levados em consideração.

Do que você não abre mão? O que para você é inegociável?

São questões que precisam ser pensadas e uma orientação profissional pode te ajudar!

Como a orientação profissional pode ajudar o jovem a descobrir uma profissão ideal?

A orientação profissional é classificada como um conjunto de atividades que visa auxiliar o indivíduo na escolha de uma carreira profissional.

Ela é indicada para pessoas que estão em dúvidas nesta área e é bastante útil tanto para jovens que estão iniciando no mundo do trabalho quanto para os profissionais experientes que buscam uma transição de carreira.

Para o jovem, a orientação profissional o ajuda a descobrir e encontrar seu propósito de vida e a realizá-lo por meio do seu trabalho.

A área estimula o processo de autoconhecimento do iniciante, auxiliando a fazer uma escolha mais assertiva com sua personalidade e valores.

Além disso, neste processo de orientação, o profissional mostra as possibilidades de caminho dentro da profissão, pontuando as facilidades e desafios.

Traz segurança para o jovem, dentre outros muitos benefícios.

E, sobre esses outros benefícios, você poderá se aprofundar nesse outro artigo onde dou mais detalhes sobre o que é e como funciona o processo de orientação profissional para jovens.

Lembre-se:

“O trabalho faz parte de nossa vida!”

Fazer a escolha certa não é fácil, mas é possível e pode evitar muitas dores de cabeça no futuro!

Pense bem!

Obrigado por chegar até aqui!

Compartilhe com um clique!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Picture of Wilson Montevechi

Wilson Montevechi

Sou Psicólogo, Professor de Filosofia e Mestre em Educação! Utilizo a abordagem Fenomenológica –Existencial afim de oferece um diálogo profundo entre a Psicologia e a Filosofia, proporcionando uma maior conhecimento do Ser Humano em seus aspectos racionais e emocionais.

Picture of Wilson Montevechi

Wilson Montevechi

Sou Psicólogo, Professor de Filosofia e Mestre em Educação! Utilizo a abordagem Fenomenológica –Existencial afim de oferece um diálogo profundo entre a Psicologia e a Filosofia, proporcionando um maior conhecimento do Ser Humano em seus aspectos racionais e emocionais.

Aproveite e leia também!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se precisar, estou aqui!